Atendimentos

Crianças
Adolescentes
Adultos

Psicodiagnóstico

Orientação de pais/cuidadores

Contato com escola e professores (quando necessário)

 

Uso das técnicas da terapia cognitivo-comportamental

Materiais lúdicos

Desenho

Histórias

Pintura

Argila

Sandplay

 

Em meio ao atual contexto em que vivemos, muitas vezes nos deparamos com a dificuldade em educarmos corretamente nossas crianças, ou com dúvidas diante da melhor atitude a tomar. Achamos que tomamos as melhores decisões, mas às vezes, ainda assim, as crianças apresentam comportamentos que não entendemos ou que não sabemos lidar...

 

Será que é hora de procurar um psicólogo?

Mas procurar um psicólogo significa admitir que errei com meus filhos?

 

Como será as sessões com as crianças, o que o psicólogo faz?

 

Vamos refletir juntos:

 

Você pode procurar um psicólogo para seu filho assim que surgirem os primeiros sintomas que você não souber lidar ou quando houver uma indicação da escola ou do pediatra.

 

Quanto mais cedo você procurar ajuda, provavelmente mais rápido encontraremos o equilíbrio para a situação.

 

Buscar ajuda não é admitir um erro e sim ter a coragem de saber que é hora de mudar, de superar obstáculos!

 

No atual contexto de nossa sociedade, nossas crianças também sofrem, também têm dúvidas, também apresentam dificuldade na adaptação, na aprendizagem e diversos outros fatores que o psicólogo pode sim cuidar e ajudá-las a ter uma melhor qualidade de vida desde cedo!

 

Muitas vezes os pais também precisam de orientação e o psicólogo está apto a lhes proporcionar auxílio e apoio.

 

As sessões com crianças ocorrem através das técnicas da terapia cognitivo-comportamental, jogos terapêuticos, simulações, histórias, desenhos, pinturas, sandplay.

 

Sempre com muito carinho e atenção!

A adolescência é uma fase peculiar, cheia de desafios tanto para o adolescente como para os pais e a família.

A psicoterapia auxilia nesse processo tão importante de mudança, transformação e autoconhecimento.

O atendimento ao adolescente acontece utilizando-se das técnicas da terapia cognitivo-comportamental. 

Diversas são as atividades propostas de acordo com a demanda e a necessidade de cada caso, como por exemplo: desenhos, séries, livros, música, pinturas, argila, role play.

Na terapia é possível cuidar de questões como:

  • dificuldade na adaptação social

  • dificuldade nos relacionamentos

  • dificuldade de aprendizagem

  • transtornos emocionais

  • transtornos alimentares

  • orientação vocacional

  • sexualidade

A orientação de pais e cuidadores também é fundamental, assim como o contato na escola, quando necessário.

A Psicoterapia como uma "ferramenta" para a busca do auto-conhecimento e evolução pessoal.

Há  dias em que nos sentimos mal, desanimados, inseguros, depressivos e cheios de dúvidas. Falta até auto estima de vez em quando.

 

Fatos que nos abalam, medos e tantos outros sentimentos que não identificamos e que sem perceber nos atrapalham.

 

Será que é só uma fase? Mas às vezes parece que ela não passa nunca... Ou sempre volta...

 

Deixe a psicoterapia ajudar você neste caminho!

Abordagens:

 

Utilização das técnicas da terapia cognitivo-comportamental.

Saúde da mulher: Psicoterapia no tratamento da Endometriose e da Depressão.

Lilian Donatti - Psicologia e Psicoterapia

Atendimento Psicológico criança, adolescente, adulto, saúde da mulher.

Terapia Cognitivo-Comportamental

Psicossomática / Endometriose

CRP: 06/65847

"Conhecer-nos a nós mesmos, este é nosso constante desafio."

  • facebook-square
  • rss-square
  • google-plus-square